Primeiro sinal de vida

Poesia se faz com as gengivas e os contos sangrando.

Anúncios
Etiquetado

2 pensamentos sobre “Primeiro sinal de vida

  1. tuta disse:

    -Mundo-Cão- dos deserdados

    ´Todo dia tem seu amanhã.
    (o amanhã sem fé?)
    pé de chinelo.pé no chão.
    bicho de pé. ração da ralé.

    Da mesma forma que
    as condições se modificam,
    o homem também se modifica´

    café requentado.
    (rápidos engolem fast-food)
    generosos visam
    as crescentes flutuações do câmbio.
    enquanto o não-farto
    requenta o pão-quarto
    com salame (se come)
    e sonhando dorme.

    a moenda esmaga
    a cana plantada
    em terra de gerente,
    capitães, banqueiros
    sultões…
    meus pêsames
    ao pequeno mundo
    de tantos cidadãos-menos.
    gado-gente. sub-servis.
    ônus. o povo sem lugar marcado na economia do mercado.

    o muro
    escorrega pra direita
    esmaga a polícia
    des (conversa).

    gerir sozinho a si?
    nessa rua não anda auto,
    dêem as mãos aos desempregados.
    de pé. vá a pé.
    o problema é mais em cima.
    é de cunjuntura.
    converse socialmente
    ( não sobre o social),
    deixa isso pra estatística.

    um mundo que simplesmente nada mude.
    que dure pra sempre
    onde nada dura.
    só os duros guetos
    sem-saída.

    -mundo cão-dos deserdados

    deus-sistema exclui o mundo dos coitados.

  2. Tati disse:

    Inspirou-se em Ana Cristina Cesar?

    “olho muito tempo o corpo de um poema”

    olho muito tempo o corpo de um poema
    até perder de vista o que não seja corpo
    e sentir separado dentre os dentes
    um filete de sangue
    nas gengivas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: