O Amor fala pelo Corpo

E quando nos amávamos, e não sabíamos que nos amávamos, pois nossos corpos estavam cheios de decepções que embotavam nossos olhos e nossos corpos, e nunca, jamais conseguíamos acreditar no amor, por que não pensávamos com os corpos mas pensávamos com o mármore de nossas mentes.

A gente ia assim, sendo um ou outro de acordo com aquele tesão injusto… E quando nos amávamos, nosso corpo falava, eis o amor, ele chegou, veja, é ele, é este o amor… Mas nós, nós não acreditávamos, pois nos faltava a respiração certa, nos faltava confiar nas nossas dermes, nos nossos instintos, naquela faminta temperatura e pura vontade que era sincera, sincera como um orgasmo e intensa como um abraço pós-coito.

A respiração caminhava com aquele desejo de te ver, aquela mordida revelava a junção da fome que nos unia, aquilo tudo, aquilo tudo, era sim o amor!

Mas nós, que não acreditávamos nem nas partes mais confiantes de nós mesmos, vivíamos negando-nos uns aos outros, e desejávamos sempre uma confirmação, uma sensação de segurança, um atestado de fidelidade daquele sentimento que podia ser falso.

Precisávamos que nossas mentes atestassem, vinculassem e carimbassem o amor naqueles neurônios viciados.

Mas foi então, quase no final da minha vida, que eu descobri que a mente é burra, e que só se descobre o amor com o corpo. O amor se revela e fala pelo corpo, é pelo corpo que ele se demonstra, é pela respiração, pelo ofegar, pelo agarrão e pela vontade faminta que o amor fala, que o amor clama, que o amor domina.

Mas nós, que continuamos a pensar mais com a mente do que com o corpo, continuamos a nos iludir, e o corpo cada vez mais sincero, nunca era suficiente, e aí acreditamos para sancionar as convenções, as regras. E para percorrermos o racional da balança, fora um pulo, e aí negamos completamente a verdade do corpo que nos falava.

Negamos a voz de nossos corpos, emudecemos por completo. E por isto, morremos ainda vivos.

Anúncios

Um pensamento sobre “O Amor fala pelo Corpo

  1. Gi disse:

    ÓÓÓÓTIMO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: