O final de ano é apenas o começo

Quando os fogos se anunciaram, eu apenas fumei cigarro e dormi.

À neurose do consumo das ruas eu respondia com leves caminhadas e nos intervalos fazia haikai’s.

Eu precisava de lâmpadas e papel-cartão, mas alguém falava em paz, sonhos, realizações, e uma coisa engraçada chamada futuro.

Na festa de final de ano ninguém entendeu, mas eu, eu pedi café.

Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: