Regressão de Vasilli

Se a gente faz uma estatística da vida deve ter cuidado com os números que vai usar. Se a gente faz um balanço do passado, tome cuidado com a árvore que vai prender a si próprio para balançar o que já passou: cuidado para não prender o ponto de arquimedes no pescoço.

Depois de 30 anos a gente volta a ter 17.  E digo a gente, mas estou falando eu, porque na maioria das vezes, gente de 30 anos consegue ter trinta anos com TRINTA em maiúsculo, com um bom emprego, cervejas e uma consciência limpa no final de semana. Eu, eu só me lembro dos 17 anos. O terapeuta chamaria isso de “regressão”, eu chamo isso de “fudeu”, mas isso é linguagem formal. Eu continuo escutando nirvana e vou voltar a morar com meus pais. Você, com 17 anos quer sair da casa dos seus pais, mas eu sou você amanhã amigo. 

Na primeira primavera eu vou desabar com você me cercando. Serei tão frágil, como uma estátua de vidro. Você vai se plagiar aos 30 anos, você vai se plagiar como se tivesse 17, mas seus joelhos doerão e você beberá como Bukowski (com 30 você vai ter lido uns quatro livros desse idiota). Matei metade da minha vida procurando e esperando uma mulher que não veio: com 17 você vai desenhar essa mulher num caderno, mas acredite, ela não virá. Você sim, você vai vir com tanto pragmatismo e bebida, que talvez olhe para si mesmo e resuma a ópera psicanalítica a uma conversa de boteco. Você se autosabotará. E o mundo?

O mundo te trará como um arranhador de gatos, bicicletas repetitivas. O mundo te trará um moinho amigão. Você será Ana Cristina, voando por aí. Você vai trazer para si mesmo mais um número na estatística de vida.

Eu, por enquanto, vou olhar para o que é afiado e viver; até amanhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: